09/02/2006 10:37 Início > Actividades > Divulgação  
Início
A Empresa
Actividades
 · Divulgação
 · Projectos Municipais
 · Projectos em Colégios
Outras Notícias
Mapa do Site
Calendário Nacional
Pesquisa de Eventos
Onde Jogar
O Xadrez
Links
Newsletter
Para participar num torneio de clássicas o que valoriza mais?
Valor dos prémios monetários
Possibilidade de ganhar um bom prémio
Ser previsivelmente um torneio forte
Baixo custo de participação
Ser num bom local / hotel
Ser fora de sua zona de residencia
Ser ao fim-de-semana
Ter mais de 7 rondas
O ritmo de jogo
Previsivelmente boa qualidade organizativa


Resultados
Nome:

 


Notícias Divulgação

Terminou o I Circuito "Jogar Xadrez Descobrir Portugal". O FM Viktor Ulyanovskyy do Grupo Xadrez Alekhine foi o grande vencedor! GDD Ferreira venceu em praticamente tudo o resto... Confira todas as classificações e alguns dados interessantes.

20/12/2005 03:00 — 15 eventos, 25 torneios, 986 participações individuais, 3040 "lentas" disputadas, poderemos dizer que foi um sucesso...ou talvez tenha sido um "alerta" para o Xadrez Nacional.

Após um ano de torneios, poderemos fazer aqui uma espécie de balanço do circuito e talvez tirar algumas lições e ilações para todos nós e para o futuro.

Alguns Numeros Totais do Circuito:

21.040 € em prémios foram distribuidos só nos 11 torneios organizados pela MaisXadrez.
1.446 € foi o total dos prémios finais do Circuito.
15 Eventos de Norte a Sul do Pais.
25 Torneios (alguns eventos tinham mais que um torneio)
986 Participações individuais
522 Jogadores diferentes.
3.040 "lentas" disputadas.
84 Clubes diferentes
24 Titulados FIDE partiicpantes.
140 Jovens (de s20 a s08)
Várias dezenas de "blocos" FIDE foram obtidos nos torneios do circuito.

Naturalmente que estamos satisfeitos por termos levado a cabo este circuito, mas a adesão fica quanto a nós preocupantemente longe do expectável para o xadrez nacional, considerando os cerca 4.000 jogadores federados, só 522 ?!

Foram 15 torneios de norte a sul do Pais (Guimarães, Espinho, SJ Madeira, Cucujães, Covilhã, SP Sul, Fig. Foz, Peniche, T.Novas, Fátima, Lisboa, Colares, Évora, Albufeira e Olhão), não há explicação para tão pouca participação, houve torneios para todos os gostos; 5,6,7 e 9 rondas, com grupos de Rk e sem os mesmos, em hoteis e fora de hoteis, com mar e sem mar, enfim de tudo um pouco.
Há claros desfazamentos entre o numero de filiados em cada distrito e o numero de participantes, alguns clubes predominantemente compostos por jovens, primaram simplesmente pela ausencia nestes torneios de Clássicas, marcando por outro lado presença assidua nos torneios de semi-rápidas "tão importantes" para melhorar a qualidade de jogo.

Numa análise superficial dos numeros, verifica-se diferenças claras na quantidade de participação dos jovens, considerando as várias zonas geográficas, talvez o resultado se comece a notar ainda mais no futuro.
É de salientar tambem a ausencia regular de alguns dos melhores jovens nacionais, nos unicos torneios de clássicas realizados em Portugal (para alem das poucas provas oficiais a que têm acesso).

Estas foram só algumas notas sobre este circuito, muito mais haverá para analisar, e estão todos convidados a discutir o assunto.

A eventual realização do II Circuito passará necessáriamente pela alteração da sua organica, assegurando no minimo a sua sustentabilidade financeira, sendo que 2006 com 9 condensados meses de calendário oficial e praticamente nenhuma coordenação de calendários por parte das associações, acrescido das eleições + EuroS21 + Mundial de Futebol + Olimpiada de Xadrez, promete ser complicado a programação de eventos.




Classificações normais e alguns TOP´s interessantes

Disponibilize os próximos eventos nacionais através do nosso feed RSS Tecnologia e Implementação ©Primewebs 2003